domingo, 30 de outubro de 2016

Boneca de sonhos

Boneca de sonhos, caixinha de surpresa, intensa, insana, descontrolada, feliz...
Foi a vida quem lhe conduzira por caminhos inimagináveis,
Dançando com a vida, entre encontros adiados e desencontros acertados.
A vida determinou o que ela pensava dominar.
E a vida passou, o tempo se esgotou, o viço a deixou mas o sonho não se findou.
Boneca de sonhos, alma de menina, esperança infinita, ilusão desiludida.
Foi sim, a própria vida que a transformou.
Coração magoado, rasgado, dilacerado, dolorido porém cheia de sonhos.
E com olhos brilhantes e vivos, eis então a boneca de sonhos.

Dag Veloso






domingo, 4 de setembro de 2016

Enfim mãe

Inúmeras vezes me peguei questionando o motivo pelo qual nunca tive filhos. E apesar de já não questionar, ainda dói no fundo do meu coração a falta de olhar um ser dependente, que me seria emprestado pelo Pai Celeste e que, sem modéstia alguma, creio que teria competência devido toda maternidade que existe em mim. Maternidade esta que exala em meu corpo, clama, implora por esse amor perfeito.
Porém durante os últimos anos e a cada dia mais eu me vejo mãe mas só hoje me assumi como tal.
Me dei conta dessa maternidade e do esplendor das decisões divinas sobre minha vida. E hoje posso dizer, seguramente, que sou mãe.
Foi há pouco em uma conversa com alguém que amo muito, que tenho por filho, que entendi tudo isso.
Enquanto dorme a mãe natural eu estou intercedendo, orando, aconselhando, fazendo o papel que deveria ser dela.
Mas muito do que eu disse à ele me surpreendeu, não cabia em minha simples existência, foi totalmente sobrenatural, um momento em que Deus usou-me pra fortalecer um filho.
Me tornei mãe espiritual de tantas pessoas e creio que se eu tivesse concebido filhos naturais eu não seria usada tal qual tenho sido.
E louvado seja Deus por isso.
Deus é perfeito em suas decisões.
Ele, somente Ele sabe o porquê de todas as coisas e à nós nos é dado o único "trabalho" de adorá-Lo independente das nossas circunstâncias.
Deus é bom.
Mas agora peço-te permissão pra uma pergunta:
_Por que você quis ser mãe?
_Por que você quis ser pai?
Eu tenho ouvido de seus filhos as dores emocionais, espirituais, suas frustrações e medos enquanto você dorme em folga.
E quando eles mais precisam, você se volta contra eles com seus melindres (até explicáveis porém jamais justificáveis) em vez de pegar nas mãos deles (sejam elas pequenas de uma criança ou calejadas de toda uma vida de luta) pra orarem juntos.
Eu juro que não entendo isso aí.
Filhos são responsabilidade dos pais até o fim da vida e não estou dizendo que você deve sustentá-los ou levá-los no colo pra sempre mas espiritual e emocionalmente eles são responsabilidade suas.
Posso não ser mãe biológica mas Deus tem posto em minha vida filhos espirituais, de várias idades, inclusive mais velhos que eu pra que eu interceda, os repreenda, ore com eles, fale do amor de Deus, clame com a autoridade que Deus nos dá pelo sangue do Filho, Jesus Cristo nosso Senhor.
Ainda não entendo como vocês fazem filhos e conseguem se tornar "inimigos" deles ao desprezarem suas dores quando eles mais precisam de vocês.
Já presenciei mãe praguejando filho só por não fazer o que ela queria, já ouvi (infelizmente ouvi e não foi apenas uma vez) pai amaldiçoar filho por bobagem. 
Me responda que tipo de mãe e pai é você que acha que sofrimento faz parte da vida, de tal forma, que porque você sofreu coisas piores (isso ao seu ver) ele também deve sofrer? E pior; você ainda consegue achar pouco perto do que você supostamente sofreu.
Ter filho é uma vingança pessoal, por acaso?
Loucos.
Vocês são loucos.
Não sabem que filhos são emprestados à vocês pelo próprio Deus e pra Ele terá de prestar contas do que com eles fizer?
Pois eu digo; loucos é o que são.
O mundo padece a dor da ausência de pais controlados, equilibrados, sãos, lúcidos e justos.
Toma a mão do teu filho o quanto antes e ora por ele, ora com ele, repreende todo mal em nome de Jesus antes que seja tarde. 
E tenha uma certeza apenas, sua vida nunca estará em paz, nunca será vitoriosa se antes não fizer pelos seus o que deve fazer.
Faça.
Ore agora.
Ame seu filho agora.
Amanhã pode ser tarde e Deus cobrará de você o que não fez por ele hoje.

Dag Veloso
orgulhosamente mãe, abençoada e escolhida por Deus.

sábado, 6 de agosto de 2016

Aparências


A mãe e o celular

A mãe e o celular.
Enquanto espero a van notei uma menina segurando o braço da mãe e apertando suas partes íntimas com a outra mão. Conforme se aproximaram a ouvi dizer que queria fazer xixi... Falou uma, duas, três vezes e a mãe entretida no celular... De repente a mãe despertou pra vida, parou, olhou pra criança e disse: _Por que você não falou antes???
kkkkkkkkkk cômico!
Não entendi o que a menina disse mas imaginei ela respondendo que falou antes, durante e depois da mãe ouvir...rss
Cada coisa que observo!!!!!

Dag Veloso

Um cantinho no mundo

Cada pessoa tem seu lugar no mundo.
Ainda não descobri o meu.
No momento fico feliz em ver as pessoas felizes, se posso ajudar me sinto cumprindo uma missão.
Passei a vida buscando me encaixar em grupos ou família, no fim mesmo acompanhada eu me sinto sozinha.
Mas não acho que seja ruim.
Bom, antes eu pensava ser isso algum tipo de maldição (rss), hoje percebo que preciso buscar mais de Deus pra que onde eu passar deixe uma benção.
Relutei muito pra não ficar sozinha mas eu nasci pra uma missão que me faltava apenas aceitar pra ficar em paz.
Por anos coloquei a culpa no mieloma e não que eu não tenha perdido pessoas e coisas por causa dele mas hoje entendo que tudo o que perdi não era meu e que a doença foi apenas uma prova de fogo onde permaneceriam somente os que realmente deveriam estar comigo.
Não sei até quando viverei mas sei que o que eu puder fazer pra realizar a felicidade alheia, eu farei. Sendo a felicidade das pessoas que cruzam meu caminho também a minha, com certeza.
Mas se for possível um pedido; poderia cessar as dores, por favor?!


Dag Veloso

Banalizando o amor


Certa vez me disse alguém que eu banalizava o amor por me declarar às pessoas com tanta facilidade.
Bom, se sou responsável por isso então palmas pra mim... Êêêêêêêêêêêê uhuuuul... 😁
Num mundo onde palavras e sentimentos de ódio e rancor, palavrões e tanto negativismo às vezes até sem razão de ser, impera pelo simples fato de ser banal eu prefiro declarar meu amor e carinho.
Meus amigos mais próximos sempre se despedem de mim dizendo o quanto me amam e também percebo essa troca de amor e carinho com pessoas que só conheço pela internet.
Eu acho lindo.
Mas se você acha tolo o problema não é meu, ou seja, não tô nem aí...😂
Amo vocês, meus amigos.


Dag Veloso



Consolo sem preconceito

Outro dia li uma postagem do Amauri Feliciano contando sobre alguém que o adicionou só pra dizer que ia bloqueá-lo por ser espírita ou macumbeiro, não lembro bem qual termo usou.
Bom, esse homem, o Amauri, vítima de preconceito nunca desfez de mim por eu ser evangélica, aliás nem perguntou nada sobre minha religião pra me consolar no pré transplante, só me abraçou e me deu força.
E me desculpem os preconceituosos mas essa é uma pessoa que amarei pra sempre independente de crença ou qualquer outra coisa.
Mas um conselho dou: antes de se afastar das pessoas por causa de religião ou cor aprenda a dar seu ombro a quem precisa pois somos todos criaturas de Deus e temos as mesmas dores e necessidades.
Pra agradar à Deus você tem que transmitir esse amor à todos e não aos que escolhe.

 Dag Veloso